Bacio di Latte amplia linha de sabores veganos

Bacio di Latte amplia linha de sabores veganos

Com trabalho de consultoria técnica da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), a rede de gelaterias Bacio di Latte acrescenta três novos sabores de sorvetes 100% vegetais no cardápio: Cioccolato Banana Split, Pistacchio Impossibile e Crema de Cioccolato & Avelã. As novas opções estarão disponíveis para o público a partir da próxima segunda-feira (dia 22/3) e irão se unir a outras quatro opções veganas que a gelateria já serve, à base de água: Fragola, Maracujá, Limone e Cioccolato 70%.

Segundo recente pesquisa realizada pela SVB em parceria com o Ibope, a cada dia aumenta o número de adeptos ao veganismo no Brasil. Já são 30 milhões de vegetarianos e um número estimado de 7 milhões de veganos no País. A pesquisa aponta, ainda, que 55% dos brasileiros consumiriam mais produtos veganos se estivessem indicados.

Para a diretora da SVB, Mônica Buava, a rede de gelaterias, com mais de 120 pontos de venda em vários Estados do País, “tem sido visionária a respeito da importância de lançar opções veganas, que encantem a todos os paladares”. Ela completa: “Eles têm demonstrado estar sempre abertos e interessados em encontrar novos sabores indulgentes e receitas surpreendentes, que contribuem para a inclusão, saúde e sustentabilidade”.

No alto, os sabores Cioccolato Banana Split, Cioccolato 70% (que já estava no cardápio), Pistacchio Impossibile e Crema de Cioccolato & Avelã e acima, novamente o Cioccolato Banana Split (fotos divulgação)

O chef e head de inovação da Bacio di Latte, Oliver Kirkham, responsável pela idealização, testes de sabores, preparo e escolha dos ingredientes, explica que o segredo das novas receitas está “na união de um bom leite vegetal com as características específicas de cada ingrediente, como pistaccio, gianduia e banana”.

“A prioridade foi nos manter fiéis à tradição, garantindo a consistência do gelato italiano e os tornando mais próximos possível aos sabores já existentes. Focamos nos ingredientes e na interação entre eles.”

Kirkham explica que, além de pesquisas, estudos e testes de sabores, “a escolha de fornecedores fez a diferença em um mercado não muito abrangente na oferta de ingredientes veganos”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s