Miki Kosher celebra festa judaica de Hanuká com sonhos

Miki Kosher celebra festa judaica de Hanuká com sonhos

por Claudio Schapochnik

Na próxima semana, entre 10 e 18 de dezembro, judeus de todo o mundo celebram Hanuká (ou Chanuká), Festa das Luzes — uma das comemorações mais importantes do calendário judaico. A tradição neste período é comer doces fritos em óleo, como os tradicionais sufganyot — que lembram bastante os sonhos recheados daqui do Brasil.

Para esta festa, o restaurante kosher de leite Miki, localizado em Higienópolis (região central de São Paulo), preparou três versões de recheio desse sonho: creme com coco, doce de leite e chocolate belga — e todos recebem uma cobertura de açúcar.

Além de incluir os sugnanyot no cardápio para comê-los no restaurante, a casa também investiu em embalagens especiais para quem quer presentear ou receber os doces em casa para comemorar Hanuká.

No alto os sufganyot do Miki com, respectivamente, recheio de creme com coco, doce de leite e chocolate e, acima, a embalagem para viagem com quatro unidades (fotos divulgação)
A embalagem para oito sufganyot do Miki

No Miki os sonhos de creme com coco saem por R$ 4 cada, e os de doce de leite e chocolate custam R$ 6,30 a unidade. Para levar ou presentear há opções de embalagens com quatro e oito unidades. Pedidos e encomendas podem ser feitos a partir desta segunda-feira (dia 7/12) pelo Whats App (11) 98791-0065, pelos telefones (11) 2339-4685/95 e as reservas pelo Whats App (11) 95336-0785.

Ainda não provei os sufgnayot do Miki, mas imagino que sejam muito saborosos. Já comi os doces em Jerusalém, a capital do Estado de Israel, em 2013, numa viagem a trabalho. Lá, e no país como um todo, as docerias exibem nas vitrines os sonhos e, em muitos hotéis, os estabelecimentos colocam na recepção travessas cheias do doce para os hóspedes.

A chanukiá, o candelabro de nove braços da época de Hanuká, acesa na entrada do Bairro Judaico na Cidade Velha, em Jerusalém, a capital do Estado de Israel (foto Claudio Schapochnik/Que Gostoso!)

Vale destacar a você, caro(a) leitor(a), que não é judeu ou judia, que vale a pena provar este doce. É outra (super) deliciosa comida tradicional do povo judeu.

SOBRE A FESTA
Por meio de um comunicado, o restaurante explica a festividade judaica. “No segundo século Antes da Era Comum, a Terra Santa era governada pelos selêucidas (sírios-gregos), que tentavam forçar o povo de Israel a aceitar a cultura e as crenças gregas em vez do estudo da Torá (livro sagrado do judaísmo) e da observância das mitsvot (boas ações) e crença em Deus.

Nessa época um pequeno grupo de judeus fiéis, liderado por Judas o Macabeu, derrotou um dos mais poderosos exércitos da terra, expulsou os gregos, reassumiu o Templo Sagrado em Jerusalém e o (re)dedicou a Deus.

Quando eles procuraram acender a Menorá do Templo (o candelabro com sete braços), encontraram apenas uma pequena ânfora de azeite de oliva puro lacrada. Milagrosamente, eles acenderam a menorá e o suprimento de um dia durou oito dias, até que novo azeite pudesse ser preparado sob condições de pureza ritual.

Para comemorar e publicar esses milagres, os sábios instituíram a festa de Chanucá, onde acontece o acendimento da Chanukia – um candelabro de nove braços, um dos quais é o shamash (“atendente”), que é usado para acender as outras oito luzes. Na primeira noite, é acesa apenas uma chama. Na segunda, uma chama adicional. Na oitava noite de Chanucá, todas as oito velas são acesas. Para o acendimento das velas todos os dias são recitadas bênçãos especiais e cantadas canções tradicionais. As crianças brincam com um peão especial chamado de sevivon e recebem presentes dos seus pais após o acendimento das velas.

Chanucá começa, no calendário judaico, na véspera de 25 de Kislêv e continua por oito dias. No calendário civil, geralmente coincide com o mês de dezembro.”

SERVIÇO:
Miki Kosher Restaurante
Rua Dr. Veiga Filho, 181, Higienópolis, São Paulo/SP
Horário: segunda a quinta, almoço: 12h às 15h, lanche: 15h às 17h e jantar: 19h às 22h; sexta: somente almoço: 11h30 às 14h30; sábado: somente jantar: das 19h30 às 22h; e domingo: almoço: 12h às 17h e jantar: 18h30 às 22h
Serviço de manobrista: quintas e sábados no jantar e domingos no almoço e jantar
www.mikimenu.com (menu/restaurante) e www.mikikosher.com (menu/entregas)
Instagram

* Texto atualizado às 14h50.

Deixe uma resposta