Skadi produz hidroméis com toque da Lituânia Foto Claudio Schapochnik Que Gostoso 4

Skadi produz hidroméis com toque da Lituânia

por CLAUDIO SCHAPOCHNIK

Uma das bebidas alcoólicas mais antigas do mundo, o hidromel — mistura de água, mel e leveduras maturada por no mínimo 12 meses — ganha cada vez mais prestígio e consumidores no Brasil. De olho nessa oportunidade, o casal Natália e Paulo Rodrigues criou em 2019 a marca Skadi para produzir hidroméis e também meloméis — hidromel que recebe adição de fruta.

“Nossa marca, Skadi, refere-se à deusa da caça e das estações do ano da mitologia nórdica”, explica Paulo ao QUE GOSTOSO! na feira Comida de Herança, no mês passado no Museu da Imigração, em São Paulo.

Segundo ele, “as receitas puxam mais para as criadas na Lituânia”. Ele cita o país báltico e do Norte da Europa, de onde tem raízes por parte materna.

Skadi produz hidroméis com toque da Lituânia Foto Claudio Schapochnik Que Gostoso 5
No alto, os dois hidroméis da Skadi nas garrafas de 250 ml e, acima, o sócio da empresa na feira Comida de Herança (fotos Claudio Schapochnik/Que Gostoso!)

Paulo e a esposa e sócia produzem atualmente seis rótulos de hidroméis e meloméis. “Nossa fábrica fica em Guarulhos (SP), com capacidade instalada de 3,5 mil litros/mês”, conta ele.

Confira a linha de produtos da Skadi, com informações da própria marca:

Nyhet (seco e suave, garrafas de 750 ml e 250 ml)
“Hidromel feito com mel de eucalipto, água e leveduras importadas. Possui notas florais e tostas do próprio mel, um hidromel com a textura sedosa com um dulçor bem presente e alta persistência em boca com um final pouco ácido e doce. Possui dulçor equilibrado (sem ser enjoativo). Volume alcoólico: 14%. Harmonização: assados como carnes vermelhas e de porco, pastas e algumas sobremesas como manjar de coco.”

Skadi produz hidroméis com toque da Lituânia Foto Claudio Schapochnik Que Gostoso 1
Os dois rótulos de hidromel da Skadi

Blomst (suave doce, garrafas de 750 ml e 250 ml)
“Hidromel feito com mel de capixingui, água e leveduras importadas. Tem aroma floral e delicado. No palato produz um dulçor não enjoativo com características do mel de capixingui. Corpo leve, álcool quente, textura redonda, alta persistência em boca com final doce e um pouco ácido. Recomendado beber de fresco a frio. Volume alcoólico: 14%. Harmonização: massas, peixes, frutos do mar, queijos e doces.”

Druer Honning (melomel, garrafa de 750 ml)
“Estilo pyment, hidromel com uva niágara rosada. Volume alcoólico: 14%. Pyment semi-seco com aroma da fruta em evidência, no palato média acidez, com sabor primário da fruta. Corpo leve e taninos firmes. Sabores secundários, mel silvestre. Textura delicada, álcool quente e alta persistência na boca.”

Druer Honning (melomel, garrafa de 750 ml)
“Estilo pyment, hidromel com uvas sauvignon blanc. Volume alcoólico: 14%.”

Skadi produz hidroméis com toque da Lituânia Foto Claudio Schapochnik Que Gostoso 3
Os dois rótulos de meloméis da empresa

Høst (melomel com gás, em lata de 310 ml)
“Uma mistura incrível de dois méis de floradas diferentes (capixingui e eucalipto). Estilo short mead, é totalmente refrescante. Volume alcoólico: 5%.”

Skadi produz hidroméis com toque da Lituânia Foto Claudio Schapochnik Que Gostoso 2
Latas do melomel com gás

AS PROVAS
Provei as bebidas na banca da Skadi na feira e, de um modo geral, os hidroméis e meloméis são muito saborosos. Que gostooooooso!

Em relação aos hidroméis, preferi o Nyhet suave e o Blomst. Doces na medida certa e agradáveis na boca. Que gostooooooso!

Sobre os dois meloméis, uma novidade para mim, gostei muito de ambos. Que gostooooooso!

Só faltou provar o hidromel com adição de gás. Parece-me uma boa combinação.

Pelo que provei, super recomendo as bebidas da Skadi. Ele vende e entrega em todo o País. Mais informações nos canais abaixo.

SERVIÇO:
Skadi Hidroméis
Whatsapp: (11) 95247-2568
www.skadihidromeis.com.br
Instagram

Deixe uma resposta