Rochinha lança sabores de frutas da Mata Atlântica

Rochinha lança sabores de frutos da Mata Atlântica

Tradicional marca do litoral Norte paulista, a Sorvetes Rochinha lançou a linha Sabores da Mata Atlântica desenvolvida em parceria com o Instituto Auá, com os sabores uvaia e cambuci (foto acima) — frutos-ícones da Mata Atlântica no Sudeste. As novidades estão nas franquias da marca em São Paulo (litoral e interior), Matinhos e Guaratuba (PR), Itapema (SC) e Angra dos Reis (RJ), além da Food Kombi.

“Os sabores levam nas receitas as geleias de uvaia e cambuci, produzidas pela Paca Polaca, marca de empreendedorismo social de Clarice Reichstul, parceira do Instituto Auá. As matérias-primas são feitas de maneira artesanal, em panela de cobre, com receitas centenárias de tradição judaico-polonesa”, explica a empresa por meio de um comunicado.

TERROIR CAIÇARA
Segundo o CEO da Sorvetes Rochinha, Lupercio Moraes, esse é mais um dos passos de uma série de novas ações socioambientais que a empresa pretende angariar nos próximos anos. “Nós entendemos que a indústria de hoje tem papel fundamental no desenvolvimento socioeconômico e ambiental, com responsabilidade. A parceria com o Instituto Auá faz total sentido e chegou em um momento-chave da marca. Vamos produzir sorvetes de alta qualidade, com frutas da Mata Atlântica, que tem tudo a ver com a história caiçara que tanto nos orgulha, por pertencer ao litoral Norte paulista”, ressalta Moraes.

Uvaias e o sorvete do fruto da Mata Atlântica paulista (fotos divulgação)

“Quando fechamos uma parceria com uma indústria do porte da Rochinha, entendemos que é uma vitrine para que o consumidor conheça nossos sabores e também todo o trabalho executado por nós para preservar a floresta e suas riquezas, incentivar o pequeno produtor e fomentar o ecomercado. É mostrar para o consumidor toda a riqueza do bioma paulista por uma marca tradicionalmente paulista”, explica o presidente do Instituto Auá, Gabriel Menezes.

“A partir do momento que uma indústria do porte da Rochinha se alia à um Instituto com a credibilidade do Auá, sabemos que uma roda de desenvolvimento sustentável gira de maneira que preserva e transforma a vida de pessoas que vivem dos seus pequenos cultivos e negócios. Essa é a essência do lançamento do Sabores da Mata Atlântica: incentivar a preservação dos biomas pela agrofloresta, a economia local e os pequenos produtores”, emenda Moraes.

O sorvete de cambuci e as frutos da espécie

O INSTITUTO AUÁ
Fundado em 1997 com o propósito do desenvolvimento sustentável no Cinturão Verde de São Paulo a partir da educação integral e do ecomercado, o Instituto Auá atua desde 2009 na coordenação do movimento de valorização das espécies nativas da Mata Atlântica e recuperação do bioma pela agroecologia chamado Rota do Cambuci.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s