Beaune (França) ganhará Cidade do Vinho

por Claudio Schapochnik

Uma das cidades mais lindas e emblemáticas da Borgonha, na França, Beaune (fala-se “Bône”) vai ganhar uma Cidade do Vinho em 2021. A informação é do diretor da Version Unique, que representa a região francesa da Borgonha no Brasil, Alexandre Rizaucourt. “Trata-se de um centro para instruir as pessoas sobre a região e os vinhos ali produzidos”, explicou ele.

Rizaucourt e a diretora da Atout France, Caroline Putnoki, fizeram uma apresentação sobre a Borgonha no evento de enoturismo Invino Wine Travel Summit, realizado nesta segunda (dia 8 de abril), no hotel Grand Hyatt São Paulo. A organização foi da Cap Amazon.

A Cidade do Vinho de Beaune terá ainda, cursos e workshops para iniciantes e especialistas. “Será um ´concorrente´ à de Bordeaux”, comparou Rizaucourt sobre a Cidade do Vinho fundada anos atrás em outra cidade icônica do vinho na França.

O representante da Borgonha no Brasil falou ainda ao público sobre o turismo em geral da região, incentivando os profissionais do setor a ofertarem aos seus clientes.

“A Borgonha fica entre Paris e Lyon, possui quatro Patrimônios Mundiais da Humanidade pela Unesco, seis microrregiões vitivinicultoras e 29 restaurantes com estrelas no Guia Michelin”, descreveu ele.

Rizaucourt e Caroline (foto Claudio Schapochnik/Que Gostoso!)

Além de várias vinícolas abertas à visitação na região, Rizaucourt citou dois exemplos de visitação em Beaune: o belíssimo Hôtel-Dieu, um antigo hospital para atendimento de pobres fundado no século 15 (foto no início do texto/smallcoho), e a fábrica de mostarda Fallot. “É a única familiar e que utiliza grãos de mostarda produzidas na Borgonha – e não os grãos importados do Canadá usados por outras indústrias de mostarda na região”, destacou ele. Ambos são abertos à visitação.

Como sugestão de roteiro aos brasileiros, Rizaucourt sugeriu sete noites na Borgonha: uma em Chablis; duas em Dijon (a capital regional), três em Beaune e uma em Cluny.

Em Dijon, o representante da Borgonha disse que o Museu de Belas Artes da cidade será reaberto na próxima semana (dia 17 de maio), após uma reforma.

Segundo Caroline, da Atout France, a Borgonha é a quarta região francesa mais visitada quando se fala em enoturismo na França – atrás, nesta ordem, de Bordeaux, Champagne e Alsácia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s