Produtor de shimeji (MG) abrirá sítio à visitação

por Claudio Schapochnik_Extrema/MG

Empresa familiar produtora e processadora de três espécies de cogumelos (shimeji, shiitake e do sol), o Paraíso do Shimeji constrói uma infraestrutura para poder receber turistas. As obras devem estar prontas no próximo mês de julho. O Sítio Águas Claras fica na zona rural de Extrema, no Sul de Minas Gerais – distante 108 quilômetros de São Paulo.

Desde 2014, quando o casal Gustavo Ferreira dos Santos e Rita Conceição Augusto Santos comprou a propriedade e passou a fazer produtos alimentícios à base dos cogumelos, o Sítio Águas Claras recebe visitantes – apenas para comprar, não para visitar as culturas e receber informações in loco. É isto que será incluído a partir de julho.

“À partir de julho, os visitantes poderão conhecer como se cultiva os cogumelos e saber muito mais sobre estas espécies”, explica Santos ao Que Gostoso!. Segundo ele, não haverá cobrança de ingresso. “Eu vendo cogumelos, e o restante é gratuito. Inclusive se o turista quiser tomar banho de cachoeira, será possível também”, emenda.

Gustavo Ferreira dos Santos, do Paraíso do Shimeji, no Sítio Águas Claras (fotos Claudio Schapochnik/Que Gostoso!)

Sim, dentro do Sítio Águas Claras há uma cachoeira linda com água, como denota o nome da propriedade, cristalina e limpa. Um privilégio.

Além de cultivar cogumelo do sol, o sítio produz os seguintes produtos de shiitake: in natura (pacotes de 200 gramas e um quilo), geleia, antepasto, conserva (foto no início do texto/divulgação), hambúrguer, farinha, desidratado, desidratado e defumado, desidratado e temperado.

“Para cada quilo de cogumelo desidratado, utilizo dez quilos de cogumelo”, diz Santos, que trabalha desde os 12 anos na área da restauração – foi garçom, maître e gerente em vários restaurantes em São Paulo como a Casa da Fazenda, que depois só passou a atender eventos, e o então Paddock.

Parte da propriedade, com vista para uma bela serra em Extrema
Um dos salões que está sendo construído para receber os visitantes

HÁ AINDA SORVETE, MACARRÃO, SAQUÊ…
Em parceria com outros produtores, o Paraíso do Shimeji desenvolveu produtos bem diferentes sempre à base de shiitake e shimeji.

Na lista estão licor, saquê, café com cogumelo (em pó) e, sim, cerveja. “Pelo nosso conhecimento, produzimos, com um parceiro cervejeiro em Guarulhos (SP), a única bebida de shimeji do mundo. Por enquanto é chamada de bebida alcoólica, pois ainda aguardamos a licença do Ministério da Agricultura, da Pecuária e do Abastecimento (Mapa) para tratá-la como cerveja de fato”, pondera Santos.

Outro produto desta lista é o macarrão (talharim e linguine) de shiitake. É feito por uma parceira em Extrema mesmo e leva 15% de farinha deste cogumelo. Quer sorvete de shimeji? Há também. “É sem glúten e lactose”, diz Santos.

Ele conta que desenvolve, também com parceiros, um queijo vegano à base de cogumelo. Ainda não há data para o lançamento comercial.

A bebida alcoólica com shimeji na elaboração

ÓTIMA CONSERVA E ARTESANATO EM PEDRAS
Na minha visita ao Paraíso do Shimeji, provei com torradinha a conserva de shimeji. É muito boa e bem temperada. “É feita com azeite extra virgem, orégano e alho”, explica Rita, que é química e dava aulas em São Paulo, antes de trocar tudo por Extrema junto com o marido, Santos. “Este é um dos produtos preferidos por nossos clientes”, assegura ela.

Esta conserva é um tremendo sucesso. “Forneço semanalmente uma quantidade a uma pizzaria de São Paulo”, destaca Santos.

Além dos cogumelos, outro produto vendido no Sítio Águas Claras é o artesanato com pedras feito por Rita. Há lindos colares e outros tipos de trabalho com diversas pedras.

O casal tem duas filhas, uma delas é geóloga.

Mais produtos da empresa: tudo caseiro

ENTREGA EM SÃO PAULO É GRÁTIS
Santos despacha, via Sedex, todas suas mercadorias – exceto o sorvete – para qualquer lugar do Brasil. O frete é pago pelo cliente.

Para a capital paulista, Santos assegura que não cobra o frete.

Além disto tudo, os cogumelos e derivados, é prazer conversar com os donos do Paraíso do Shimeji. Santos e Rita são muito simpáticos e recebem muito bem.

“Somos muito felizes aqui no sítio. Largamos tudo em São Paulo, fizemos cursos para cultivar os cogumelos – por uma idéia de minha esposa – e assim fomos crescendo. Basta ter foco e não ter preguiça”, finaliza.

Recomendo.

O macarrão que recebe farinha de shiitake

SERVIÇO:
Paraíso do Shimeji
Estrada dos Forjos, Sítio Águas Claras, Extrema/MG
Whats App: (35) 99957-8380
Facebook
www.paraisodoshimeji.com.br

Um comentário sobre “Produtor de shimeji (MG) abrirá sítio à visitação

  1. Boa noite,
    O sítio Águas Claras está aberto para visitação neste período de pandemia?
    Gostaria de conhecer o cultivo de cogumelos e experimentar estas delícias.
    Obrigada
    Juliana

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s