Galeto di Paolo anuncia 3ª casa em São Paulo

por Claudio Schapochnik

A rede de restaurantes Di Paolo, que celebra 25 anos de fundação em 2019, continua crescendo e vai abrir a 14ª unidade – e a terceira em São Paulo – no próximo mês de novembro. Além da expansão, a rede, que até então de chamava Casa di Paolo, adotou este ano um novo posicionamento e passou a se chamar Galeto di Paolo.

“Nossa terceira casa na capital paulista será no Shopping Center Norte”, disse o sócio da rede na capital paulista e ex-executivo da Fogo de Chão, Jandir Dalberto. Ele esteve no jantar dos 25 anos do Galeto di Paolo na primeira casa em São Paulo, que fica na Vila Olímpia (Zona Sul da cidade), junto com o sócio-fundador da rede, Paulo Geremia, na semana passada (quinta, dia 15 de agosto). Esta casa foi aberta em 2017.

O sócio em São Paulo, Jandir Dalberto, e o sócio-fundador da rede, Paulo Geremia, na festa dos 25 anos da Galeto di Paolo na unidade da Vila Olímpia, em São Paulo (fotos Claudio Schapochnik/Que Gostoso!)

“Assumimos o espaço agora em setembro para a reforma, e vamos inaugurar o restaurante no mês de novembro”, completou Dalberto, sem dar mais detalhes.

Em relação à mudança do nome da rede, Geremia explicou, por meio de um comunicado, “que o galeto al primo canto (foto no início do texto) é o centro de nossa identidade”. O galeto pesa cerca de 500 gramas e é assado na brasa. Antes passa por uma marinada, com uma mistura de temperos e bebidas, por várias horas.

O novo nome da rede, que deve estar presente em mais destinos no Brasil

O galeto é servido com vários acompanhamentos sempre à mesa pelos garçons e à vontade. Confira a sequência do cardápio da casa: sopa de capeletti, pão colonial, salada de folhas, salada de batata com maionese, radicci (verdura) com bacon, queijo à dorê, polenta frita e brustolada (na chapa), seis tipos de massas (espaguete, tagliarine, tortéi, nhoque, nerobianco e penne integral) e nove tipos de molho (tradicional, ragu de costela, pomodoro, toamte seco, nocciole, funghi, quatro queijos, manteiga e sálvia e alho e óleo).

Este cardápio custa R$ 81 por pessoa – exceto bebidas e sobremesas.

A sopa de capeletti, um dos itens servidos nos restaurantes da rede
Clientes na unidade da Vila Olímpia, na Zona Sul de São Paulo
Duas das saladas do menu: a de radicci com bacon e a de batata com maionese

Ainda sobre a mudança no nome da rede, para Galeto di Paolo, Geremia contou no comunicado que o reforço no nome com o DNA da rede, o galeto, “também para auxiliar na expansão da nossa marca pelo Brasil”. Ou seja, além de estar com casas no Rio Grande do Sul, onde foi fundada em 1994, em Santa Catarina e em São Paulo, a empresa pretende ir para novos destinos – nestes ou em outros Estados.

Em São Paulo, o segundo restaurante Galeto di Paolo foi aberto no primeiro semestre no bairro de Pinheiros (Zona Oeste da cidade). Recebeu investimentos de R$ 2,4 milhões.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s