Schornstein resgata receita holandesa de cerveja

Localizada na cidade mais alemã do Brasil – em Pomerode, Santa Catarina –, a Cervejaria Schornstein vai apresentar uma receita de cerveja produzida na Holanda até o século 14. Este é o destaque da empresa no Festival Brasileiro da Cerveja, que acontece nesta semana – de quarta (dia 13) a sábado (dia 16) na Vila Germânica, em Blumenau (SC).

A Schornstein resgatou, em parceria com a Von Der Völke, uma bebida no estilo Koyt (foto acima/Daniel Zimmermann/divulgação), receita de cerveja que estava perdida desde o século 14. O rótulo estará disponível para os visitantes durante a programação do festival.

No mesmo festival, a cervejaria leva as criações da Usina Schornstein. Session IPA, Belgian Blond Ale e Munich Dunkel, elaboradas pela marca em parceria com a Escola Superior de Cerveja e Malte (ESCM), vão poder ser degustadas pelo público. Ainda entre as novidades, haverá uma experimental no estilo Imperial Stout envelhecida em barril de carvalho.

As cervejas de linha da Schornstein também estarão disponíveis. Confira: Pilsen, Weiss, Wittbier, APA, IPA, Imperial Stout, Imperial IPA e Bock Chocolate com Pimenta, última a integrar o mix da marca.

Uma das pioneiras da cerveja artesanal no País, a Schornstein foi fundada em 2006. O nome da marca significa chaminé em português, uma das características do prédio onde foi criada.

Deixe uma resposta