Peixes selvagens do Alasca "invadem" São Paulo

Peixes selvagens do Alasca “invadem” São Paulo

Você quer provar receitas feitas com os autênticos peixes selvagens do Estado do Alasca, nos Estados Unidos, aqui em São Paulo? Então aproveite o Festival Delivery Selvagem – Alaska Seafood, que segue até 12 de dezembro, em 12 restaurantes da cidade e com mais de 15 pratos preparados com salmões keta e sockeye, black cod, polaca e bacalhau. A iniciativa é do Instituto de Marketing do Alasca (ASMI), agência do Governo do Estado do Alasca presente há nove anos no Brasil, responsável pela estratégia de mercado, por incentivar novos negócios e divulgar a indústria pesqueira do Alasca no País e em outros países da América Latina.

No alto, o ceviche de salmão selvagem do Alasca, do restaurante Ícone Gastro Rock: salmão selvagem sockeye temperado com azeite, molho sú, limão, pimenta dedo de moça, cebola roxa, cebolinha, caju e physalis (fotos divulgação) e, acima, o urso pardo do Alasca – também o “garoto-propaganda” do festival (foto 277447/Pixabay)
O salmão selvagem sockeye pescado em rio no Alasca (foto Barbara Jackson/Pixabay)

“Para além do paladar, devido à origem natural e sustentável, os pescados do Alasca são considerados os peixes mais nutritivos do mundo, já que são fonte de proteínas, ômega-3 e vitaminas – tudo livre de corantes, hormônios ou conservantes”, assegura o ASMI.

Outro aspecto bacana do festival é que você pode comer no próprio restaurante ou pedir para entregar em sua casa. Todas as refeições são acompanhadas de um porta-copos exclusivo com fotos das paisagens exuberantes do Alasca. Confira quem participa: Kinoshita, Le Manjue, Aizomê, Ícone Gastro Rock, Praça São Lourenço, Zucco, Sevillano Bistrô, Sushi Nami, Jacarandá, La Pergoletta, Duas Terezas e Attimo Per Quattro.

“Com o projeto, a ASMI reforça o posicionamento como parceira junto aos restaurantes e chefs. Afinal, os restaurantes são peças fundamentais na promoção das espécies provenientes do Alasca no Brasil, pois trabalham com a excelência na apresentação e qualidade no preparo, oferecendo uma experiência completa para o consumidor. Esperamos que este seja um projeto que se expanda para outras cidades e outros Estados à medida que a demanda por produtos Alaska Seafood aumente nestes lugares”, diz a porta-voz da ASMI na América do Sul, Carolina Nascimento.

Talharim de pistache com salmão selvagem keta do Alasca, do Le Manjue: massa envolvida em muito creme de pistache e leite de castanha com salmão em cubos, salpicado com farofinha de pão, páprica defumada e pistache
O combinado yasei, com 32 peças, do Gon-Gon Sushi, é feito com salmão selvagem sockeye do Alasca
O carpaccio Alaska, do Attimo, é feito com o bacalhau selvagem do Alasca: lâminas fina de carpaccio de bacalhau defumado selvagem de Alaska, no leito de tomate fresco com brisa de manjericão, azeite evo, flor de sal, pimenta preta, e limão siciliano emulsionado, pétala de rabanete e broto de ervas finas

Para saber o nome dos restaurantes participantes, os pratos de cada um, com descrição detalhada de cada, os endereços, os horários de funcionamento e quais são os aplicativos de entrega, clique aqui.

SERVIÇO:
Alaska Seafood Brasil
Facebook, Instagram e You Tube

Texto atualizado em 16/11/2020, às 10h40.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s